Produzir energia para consumo próprio é viável? 

                                          

                                           Extrair dos raios solares a energia para sua casa valoriza seu patrimônio, você                                                          economiza e ajuda a preservar o meio ambiente. Não é perfeito?
                                          Sim, mas antes de fazer qualquer investimento em painéis fotovoltaicos, é uma boa                                                 prática analisar os diversos equipamentos em uso na sua casa ou empresa e                                                             eliminar os pontos de desperdício de energia elétrica. Afinal, agora você vai deixar de                                               ser apenas consumidor de energia elétrica e vai passar a fazer parte do seleto grupo                                               de pessoas que integram o movimento mundial pela Geração Distribuída de Energia,                                                 maneira inteligente de cooperar para a preservação ambiental, uma vez que reduz a                                                 necessidade de construção de novas hidrelétricas, que inundam áreas de preservação e comunidades; térmicas que queimam combustível fóssil; ou centrais nucleares que envolvem grandes riscos. Todos esses benefícios sem gastar dinheiro e reduzindo quase a zero as despesas com sua conta de energia.
Sem gastar dinheiro?
Sim, existe uma importante diferença entre gastar e investir. Você tomou a decisão correta: vai investir o seu dinheiro num sistema que começará a dar retorno imediatamente após a sua instalação. Em alguns casos, o ganho imediato é superior a 100% do capital investido. Funciona assim: quando você, ao invés de deixar no banco, transfere o seu dinheiro para cima do seu telhado, o seu patrimônio não diminui, ao contrário aumenta, pois o equipamento instalado está ali, é seu, e valoriza imediatamente o seu imóvel em pelo menos 5%, o que, em geral, é mais do que o valor investido no sistema de geração fotovoltaica, sobretudo se ele estiver associado a um sistema de absorção térmica para o aquecimento de água, conquistando assim o máximo de eficiência energética. Mas não pára por aí, quando chegar sua próxima conta de energia, vai até parecer que tem alguma coisa errada, pois ela virá praticamente zerada. Em alguns casos, será cobrada apenas a taxa mínima. Assim, depois de alguns anos, o capital investido estará em dobro na sua mão: continuará em cima do telhado gerando energia por mais de 25 anos e terá retornado mês a mês na redução quase total do gasto com energia.

 

O retorno é imadiato pela valorização do imóvel 
  • Facebook App Icon
  • Twitter App Icon
  • Google+ App Icon